Lisa a Jardineira e Leo o Leão


E aí, você tem fome de quê? Qual seu desejo? Do que vc tem necessidade?
Qual seu sonho? Os meus são muitos, mas aos poucos vou me saciando…
Lisa e Leo – A jardineira e o leão

Nem todos os leões têm uma jardineira como madrinha. Leo, o leão, tinha
uma. Os dois tinham muito coisa em comum, até mesmo na aparência: uma bela
juba ruiva e mãos bem grandes que eram práticas na hora de segurar um
ancinho e empurrar um carrinho.

Lisa era jardineira, ela era a rainha das beterrabas, a princesa dos
rabanetes, a moça do manjericão sempre fresquinho; mas, acima de tudo,
Lisa era a madrinha de Leo. Foi um domador aposentado quem pediu para Lisa
tomar conta de Leo quando o circo faliu. Hoje em dia, quase ninguém mais
vai ao circo. As pessoas preferem ir até à televisão e, enquanto olham
para a telinha, ficam comendo os amendoins roubados dos macacos.

Lisa não ia até a televisão, ela ia até o seu jardim, mesmo à noite, pois
ela tinha uma relação especial com as estrelas, especialmente com o Urso
Maior e o Cruzeiro do Sul.

Para ela, seu jardim também era o céu e ela vivia se perguntando como
plantar uma estrela …

Quando a Lua estava cheia, ela gostava de passar horas olhando as estrelas
no seu jardim. Nesses momentos, Leo sempre ficava pertinho dela. Não tinha
nada no mundo que ela gostasse mais de fazer do que apenas estar lá com
Leo. “olhando” … Mesmo quando não tinha nada para ver, ela olhava. Leo
lhe ensinara a ver a direção do vento e a observar com o canto do olho
tudo aquilo que se movia.

Lisa amava Leo mais do que qualquer outra coisa no mundo; nem mesmo o sol
era tão quente quanto o calor gostoso que ela sentia quando estava perto
dele; nem mesmo a relva que ela tanto amava podia se comparar à pele
áspera do seu velho leão.

Ela gostava tanto dele que todos os dias ela lhe preparava a melhor
refeição do mundo (pelo menos, era isso que ela achava… ).

Ah, as cenouras, as maravilhosas cenouras raladinhas, os alhos-porós, os
sucos de manga e de abacaxi, as batatas rodeadas de aipo e de castanhas de
caju e, coroando tudo isso, um enorme pé de alface. “A rainha do meu
jardim para o rei do meu coração”, dizia Lisa. Tudo isso era temperado só
com um pouquinho de limão, para não engordar …

É claro que Leo não podia engordar com um tal banquete! Ele mantinho o seu
corpinho em forma! Todos as manhãs, Lisa preparava sua refeição com tanto
amor que ele não ousava lhe dizer que não gostava de nada daquilo… !
Quando
ela virava as costas, Leo, com um ágil golpe de pata, jogava tudo fora no
lixo mais próximo …

Quando você tem caninos tão grandes quanto os de Leo, o que você vai fazer
com um prato de legumes? Leo tinha vergonha de sonhar com isso, mas ele
não conseguia evitar: ele nem sequer queria um filé-mignon, ele já ficaria
satisfeito com um patê de cachorro…

Lisa, surpresa de ver Leo cada dia mais magro, redobrava seus esforços na
cozinha: ela começou a lhe preparar enormes pratos de ervilhas e
couve-flor. Sua única preocupação era a de alimentá-lo o melhor possível.
Ela não poupava esforços: no jardim, ela plantava cada vez mais grãos e na
cozinha ela inventava os melhores molhos: a mistura de tomates, cevada e
pimenta, era uma de suas especialidades. Um dia, um pastor amigo seu, que
passava por ali, experimentou essa delícia e disse: “Juro que acabei de
provar um pedacinho do paraíso… ”
Para Leo, todas essas maravilhas eram um inferno! Ele tinha vontade de
mastigar alguma coisa mais consistente: um rato, um gato ou uma serpente
já serviriam. Ele não estava pedindo um gnu ou uma zebra, apesar dessas
imagens torturarem seu estômago…

Apesar de todos os seus cuidados, um dia Lisa teve que reconhecer: seu
leão estava doente.

Apesar dela não confiar nem um pouco na Medicina, ela resolveu chamar o
veterinário, Dr. Lanktot. Qual não foi a sua surpresa quando ele lhe
disse: “Senhorita Jardineira, o seu leão está morrendo de fome…”

Ela começou a chorar soluçando e logo depois ficou vermelha de raiva:
“Mas, doutor, isso não é possível. Eu trabalho dia e noite para
alimentá-lo. Eu lhe dou o que tenho de melhor, eu lhe dou tudo…”

“Senhorita Lisa, doce jardineira, a senhorita lhe deu tudo, mas ele nada
recebeu”…

Olhe bem, todos os seus banquetes, suas toneladas de sopas, suas enormes
saladas, elas foram todas parar no lixo…

A senhorita lhe deu o melhor, mas ele nunca recebeu nada pior. Ele
esperava que o seu amor fosse lhe dar as carnes mais suculentas, um
strogonoff de onde ele teria delicadamente afastado a salsinha, um assado
de onde ele teria posto de lado as cenouras que a senhorita insistiria em
colocar…

Não se pode alimentar um leão como se fosse um coelho… Leo deve amar
muito a senhorita. Eu, no seu lugar, já a teria devorado!” (é bem verdade
que o veterinário era mais malvado do que um animal, mas até mesmo um
animal doce como Leo tem o direito de ficar malvado quando está com
fome… ).
Naquele dia, Lisa compreendeu que não basta dar tudo ou dar aquilo que
preferimos para aqueles que nós amamos.

É preciso lhe dar aquilo que ele deseja, aquilo que ele prefere… Senão,
ele vai morrer de fome…
E se aquele que amamos um dia ficar com muita forme, sua fome poderá fazer
com que ele se esqueça da força e do tamanho dos seus dentes e ele poderá
nos devorar…

Antes de ir para a cozinha, ou antes, de ir dormir, não esqueça de
perguntar àquele que você ama, do que ele tem fome? Qual é a sua
necessidade? E o que ele está pedindo? Qual é o seu sonho e o seu
desejo… ?

Também não esqueça de lhe dizer do que você tem fome, do que você precisa,
qual é o seu desejo e o seu sonho… Senão, é você quem estará correndo o
risco de morrer de fome perto daquele ou daquela que “lhe dá tudo que há
de melhor”, exceto aquilo que você está pedindo…

Jean-Yves Leloup – in: Escritos e Parábolas para a Paz, 2009.

Uma resposta para “Lisa a Jardineira e Leo o Leão”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s